Este é o 4º artigo da série: Cinco passos para se prevenir do desvio e roubo de cargas.

 
Porque será que seu seguro pergunta o seu CEP para cotar o seguro do seu carro? Isso se dá pelo fato de que o roubo e a criminalidade têm uma relação grande com a geografia e com o entorno. O mesmo acontece com o roubo de carga. Há locais específicos que tem uma maior incidência de roubos, seja porque é fácil interceptar o veículo, porque o escoamento da carga também é facilitado, ou até pelo pouco policiamento da região. Assim escolher um operador logístico em áreas menos propícias, ajuda.

O Armazém que está recebendo a carga, precisa ter controles eficientes. Pois o desvio de carga muitas vezes, em verdade na maioria das vezes, não envolve violência. Se ele tem um sistema de controle de estoques informatizados, com código de barras, ou RFID, tem procedimentos como não permitir mochilas e fazer um controle dos resíduos que saem da empresa, ajudam muito a prevenir o desvio.

Processos de controle, como sistema de câmeras interno, com armazenamento de imagens na nuvem, e sistemas de comportas para entrada de veículos (daquelas que um portão é aberto, o veículo entra, ele se fecha atrás dele antes que outro seja aberto na frente) ajudam muito. É importante evitar sempre que possível o uso de guardas armados, pois isso é uma medida remediativa, e traz risco a todos. Enquanto que cercas eletrificadas, câmeras, boa portaria e revista de veículos na saída são prevenções mais baratas.